Vinte soluções para seu filho amar comidas saudáveis

Vinte soluções para seu filho amar comidas saudáveis.

Já falamos muitas vezes neste blog sobre como é importante ensinar as crianças a comerem. O meu maior desespero é pensar que a fase que mais merece investimento é até os dois anos de idade. Justamente essa, quando a gente não sabe muito bem o que servir e a criança está mais interessada em brincar e fazer caretas na mesa do que saborear o prato.

Confesso que alterno sentimentos. Tem épocas que desencano completamente. Essa semana, por exemplo, minha caçula de 1 ano e 8 meses, a Úrsula, decidiu não comer nada salgado. Nem arroz temperadinho com legumes picados, que sempre foi meu coringa, está resolvendo. Ela simplesmente vai direto para a fruta da sobremesa. E também deu para tomar suco de frutas batidas. Enfim, come frutas o dia inteiro. Sei que isso não pode durar muito mas decidi não forçar nada e esperar para ver o que acontece…

Mas tem momentos (o que provavelmente acontecerá daqui uns dias, se a Úrsula continuar assim), que bate a angústia e eu saio correndo atrás de soluções para tentar resolver o perrengue da alimentação já. E para sempre! Foi em uma dessas crises que escrevi uma matéria para o Bebê.Com: Vinte soluções para o seu filho amar comidas saudáveis. Ajudou. Tanto que não estou puxando os cabelos nesse momento.

Coloco abaixo as vinte dicas que achei, depois de muito pesquisar e entrevistar médicos. É só clicar nelas para chegar até a matéria na íntegra.

beijos

Mônica

1. Seja o exemplo

2. Aprenda a cozinhar

3. Diversifique a papinha

4. Prepare combinações apetitosas

5. Respeite cada fase

6. Ofereça muita água

7. Evite as guloseimas

8. Deixe a criança comer o quanto quiser

9. Observe o quanto seu filho come

10. Mantenha, sempre que possível, os mesmos horários de refeição

11. Não force a criança a comer

12. Ofereça comidinhas para pegar com as mãos

13. Observe a qualidade e quantidade das refeições

14. Faça uma refeição com o pequeno

15. Não incremente demais os pratos

16. Nada de comer de frente para a TV

17. Cuidado com o exagero de carboidratos

18. Improvise

19. Respeite o horário de comer da criança

20. Dar comida para um bebê exige paciência, criatividade e tempo

6 Comments

  1. Adorei a matéria! Acho que vou pendurar estas 20 dicas na minha geladeira, assim quem sabe não lembro delas quando dá aquela preguicinha de cozinhar.. Se pudesse acrescentar mais uma dica, seria: faça feira/ sacolão/ hortifruti junto com o seu filho.. Outro dia levei meu filho de 2 anos ao sacolão, ele adorou o passeio e me pediu para comprar muitas frutas (algumas até que ele odiava).. Quando chegou em casa quis experimentar todas! Se me permitem, vou indicar a matéria lá no meu blog.. Beijocas. Gabi Pedreira

    1. Lógico, Gabi, pode linkar no seu blog sim e insira essa dica bacana sua, que, aliás, vale um post no futuro!
      beijos
      Mônica

  2. Achei muito boa a matéria. Mas aqui em casa o exemplo simplesmente não funciona. Comemos salada todos os dias, mas meu filho se nega a comer qualquer coisa que seja verde, menos ervilha que ele adora. Espero que com o tempo ele passe a comer …
    Bjs
    Neda

    1. Neda,
      Quando eu era pequena também odiava os verdes, mas via minha mãe comendo salada em todas as refeições. Agora, olha que interessante: passei a ter vontade de comer alface quando vi um dia uma tia muuuuuito querida minha comendo uma simples salada de alface e tomate, temperada com óleo Maria e vinagre. Mas ela comia de um jeito tão delicioso e despretensioso, que fiquei com água na boca e passei a copiá-la todos os dias. Acho que , quando criança, nosso paladar é movido tb a exemplos de pessoas muito queridas.
      beijos e não desista.
      Patricia

  3. ótimas dicas!
    pequeno está na fase do nãaaaao em alguns momentos e de papáaaaaaaaa em outros.
    ele não tem acietado comer frutas mas pede suco quase que o dia todo…
    vamos camnhando
    bjocas

Comments are closed.