Vale a pena ler de novo: Iogurte é tudo!

O segundo post da nossa série Vale a pena ler de novo é sobre iogurte – com direito a receita caseira e muitas dicas de comidinhas…

 

Iogurte é tudo!

 

 

Aqui em casa tentamos usar o iogurte em muitas comidas. Por exemplo:

nas frutas: com mamão e morango cortados.
nos cereais: apenas misture com eles.
no macarrão: rale queijo parmesão e misture com um pouco de azeite e iogurte para ter um molho de queijo bem gostoso.
no frango: refogue cebola picadinha na manteiga, inclua uma banana nanica amassada. Coloque pitadas de curry e deixe cozinhar um pouco. Desligue o fogo e misture iogurte. Dá uma bossa indiana para o frango grelhado.
na salada: você pode regar qualquer salada de folhas com iogurte e azeite. A combinação com pepino ralado, hortelã, sal e limão é refrescante. Com pimenta síria fica com um toque árabe. Esprema o pepino ralado em uma peneira para retirar o excesso de água.

no macarrão de novo: misture salmão picado refogado com azeitonas verdes e iogurte.
no quibe assado: jogue uma mistura de iogurte, azeite e sal por cima e experimente.
na sopa: quando for batida no liquidificador, finalize com uma colher de iogurte para dar um contraste no sabor.
no peixe: uma colher de iogurte agrega valor a qualquer versão grelhada.
no bolo: a receita que dei aqui do Bolo de Iogurte é imbatível. É super fácil de fazer no liquidificador, fica pronto em quarenta minutose pode ser o complemento do café da tarde ou a base para um bolo mais sofisticado, com coberturas, andares…
e mais uma vez no macarrão: refogue o shiitake ou shimeji na manteiga, junte shoyu, gotinhas de limão e iogurte.

Enfim, o iogurte substitui o creme de leite, o requeijão e vários molhos com farinha. E é mais saudável. Ele tem a gordura, os minerais e as vitaminas do leite puro, mas menos lactose, o que facilita a digestão. Seus microorganismos ajudam a regular o funcionamento do intestino e ajudam na preservação do crescimento de bactérias e outros problemas. Também auxilia na produção de energia, no equilíbrio das funções neurológicas, na oxigenação das células, na construção e reparação da pele, unha, cabelos e ossos, fortalece o sistema imunológico e combate os radicais livres. Nossa!

E aqui vai nossa receita de iogurte caseiro:

Aqueça um litro de leite integral até mais ou menos 40 graus (você sabe que chegou nesse estágio quando consegue colocar um dedo dentro da panela e aguenta contar até dez). Acrescente um pote de iogurte – o segredo para dar certo é ele ter sido fabricado há menos de 10 dias. Tem de ser a versão natural (sem frutas) e não pode ser do tipo “cremoso”, que tem amido. Pela nossa experiência, as melhores marcas são Nestlé, Parmalat e Vigor – integral ou desnatado. Misture bem. Depois coloque a panela tampada no forno pré-aquecido, mas desligado. Deixe ali por seis horas, com a lâmpada acessa, retire e leve a geladeira por 24 horas. Após isso, se juntar soro, retire o excesso e misture. Guarde em potes de vidro na geladeira.

Uma dica importante: o iogurte não pode ser fervido senão ele talha. Por isso ele deve ser apenas aquecido – deixe para colocar por último nas receitas quentes.

Um beijo da Mô

5 Comments

  1. estou louca para experimentar a receita do iogurt mais fiqueicom uma duvida pq da luz do forno acesa?o meu forno nao tem luz sera que existe alguma coisa a ver a luz com o iogurt ou e para a gente nao esquecer?sei que e uma duvida meio boba mais se puderem me esclarecer ficarei contente,desculpa encomodar vc com besteiras.

    1. Oi Vanessa, sua dúvida não é uma besteira não! Deixamos a luz acesa do forno para manter o local aquecido e ajudar na fermentação do iogurte. Mas sabe, depois que escrevi esse post, mudei de casa e de fogão. Agora tenho um que depois de cinco minutos, apaga a luz sozinha (ótimo para pessoas esquecidas). Então, já faz meses que estamos fazendo o iogurte sem deixar a luz acesa e tem dado certo. O importante é o forno estar quente, por isso, antes de começar a fazer o iogurte, acenda o forno e na hora que colocar a panela, apague o fogo e mantenha o compartimento fechado pelas próximas 6 horas. Faço antes de tomar café da manhã e lá pelas duas da tarde ele já está pronto!
      beijos
      Mônica

  2. Adorei as dicas! Gosto de cozinhar e experimentar novidades… Quanto tempo posso conservar o iogurte caseiro? Tem alguma diferença entre o iogurte caseiro e a qualhada síria?

Comments are closed.