Sociedade Brasileira de Pediatria muda recomendações sobre alguns alimentos alergênicos

Sabe quando você fica louco(a) tentando lembrar , enquanto seu bebê avança na torta, se todos os ingredientes são permitidos antes de um ano de idade? Se depender dos novos parâmetros da Sociedade Brasileira de Pediatria, essa cena talvez não aconteça mais. Os últimos estudos mostram que, ao contrário do que se imaginava, atrasar a introdução de alimentos que podem causar alergia, não é eficaz – leia aqui a matéria que saiu hoje na Folha de S. Paulo para saber mais sobre as pesquisas. Por isso, a recomendação da SBP é que peixe e ovos agora podem ser introduzidos a partir do sexto mês. Antes, os primeiros só eram liberados depois do nono mês e os peixes, depois de um ano.

Realmente acho o assunto polêmico. Com as meninas, segui as recomendações antigas. A Isabella comeu tomate com nove meses e teve uma assadura monstro por dias. Desisti do assunto e só voltei a oferecê-lo depois que ela fez um ano. Aí ficou tudo certo. Ainda acho que o organismo da criança tem seu tempo para se adaptar aos alimentos “mais difíceis”. Mas vamos continuar a xeretar as pesquisas e conversar com pediatras para desvendar mais sobre o assunto.
Um beijo da Mô