“- Meu filho tem 3 anos e só gosta de comer cocô. Não consigo fazer ele comer mais nada. Então, sirvo cocô mesmo!”

 

Acha a frase acima um absurdo? Você não tem ideia de quantas vezes ouvimos e lemos isso aqui no blog. Desconfiamos que tem um bocado de gente deixando os filhos comerem muita m@#$% travestida de macarrão instantâneo, comida pronta congelada, embutidos, snacks, gelatinas artificiais, bolinhos industrializados e recheados de cremes gordurosos, sucos em pó, balas com formato de minhoca, de coração, de letras…

Para o cocô, a gente diz não!

Então, por que também não dizer não para o macarrão instantâneo, comida pronta, refrigerante e afins?

Alternativas:

A – Porque ele só come isso!

B – Porque não dá tempo de preparar algo mais saudável.

C – Porque quando eu digo não, ele grita, chora, esperneia.

D – Porque não tenho paciência para negociar.

e – Por que essas comidas que vocês citaram acima são m@#$%, não entendi?

O que nos intriga não é o fato da criança comer essas coisas de vez em quando. Nos preocupa são os pais não saberem dizer não aos filhos e ficarem reféns da criança. Educar o paladar dos filhos dá trabalho. Dizer não, dá trabalho. Fazer feijão fresquinho dá trabalho. Dar limites dá trabalho. Quando éramos criança, tínhamos de comer o que era servido – e em silêncio. Hoje, muitos pais são mais liberais. Mas uma educação mais liberal não elimina a parte chata que é dizer não aos filhos. Ao temer a reação do filho pelo não que ele recebe, além de correr o risco de criar um adulto que come errado, sujeito a várias doenças crônicas e fatais, os pais também estão correndo o risco de estar criando um futuro adulto que não sabe lidar com a frustração. Daí, né, pode dar m$@&%$!

Então, para dormir sabendo que fez a coisa certa, que tal aprender a dizer não para o seu filho também quando o assunto é alimentação?

Beijos,

Patricia e Mônica, sim, as chatas!

5 Comments

  1. eu tenho uma menina de 4 anos e que so quer comer a mesma coisa, nao é tudo porcaria(pq nao dou refirgerante, doces, etc!)Mas ela fica sempre no mesmo cardapio(macarrao, salsicha,fritas, as vezes como galette(de legumes, de batata), e a lista de coisas que nao quer é enorme, e nn quer nem experimentar!desde pequena nunca quis frutas, suco menos ainda!ela bebe ainda o leite e come queijo ,ovos! adora sobremesas de chocolate, bebe yogurtes, adora biscoitos!e ela tem horarios regulares , sem substituiçao de sobremesa no lugar de almoço!so gostaria de dicas pra ela experimentar as coisas e comer carne e frutas e outras coisas!p.s/: sempre fui pessima pra comer e nao sou um exemplo!:)obrigada

  2. Ola
    Tenho uma filha de 2 anos e meio…
    Não consigo fazer ela comer no almoço e nem na janta
    Ela só quer comer besteira (salgadinho, pirulito, chiclete)
    Já não sei mais o que faço….
    Nas casas das pessoas ela come bem….
    Gostaria de saber se vcs podem me dar alguma dica do que devo fazer…
    obrigado

    1. Oi, Gisele.
      A primeira providencia é não comprar as besteiras.
      A segunda é não deixar que uma pequena de 2 anos e meio determine se vai ou não comer. Isso quem determina são os pais. Ela pode escolher entre os pratos oferecidos.
      A terceira providencia é envolver sua filha na brincadeira de cozinhar. Não dar bola para as reclamações dela. Deixar o momento da refeição muito legal, atrativo, lúdico.

      Acho que essas três providências já são um bom início. Boa sorte!

  3. gostaria de saber mais sobre as frutas verduras e legumes que ajudam a combater a anemia . meu neto esta com anemia fasso sempre que posso suco de cenouras e beterraba suco de laranja com beterr obrigadaaba soco de limao com senoura espero que eu esteja serta obrigada;

    1. Oi, Vilma.
      Está certíssima. Além disso, jamais misture leite com a carne, caso de estrogonofe ou almondêgas que levam leite na receita do preparo. O leite rouba o ferro da carne. Procure oferecer os sucos de limão, de laranja, de maracujá nas refeições que tenham feijão ou outras leguminosas, como grão de bico, lentilha, ervilha. A vitamina C dos sucos junto com os grãos é um “remédio” natural contra a anemia, assim como folhas de cor verde escura, como espinafre, rúcula. Mas a melhor coisa para anemia ainda é a carne vermelha. Um bifinho de fígado de boi é uma excelente fonte de ferro. Se ele gostar, pode oferecer uma vez por semana.
      bjs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *