Eu gosto, você gosta, nós gostamos. Nem adianta vir com o papo da dieta, da vida saudável ou qualquer outra balela. A verdade é que muita gente gosta de refrigerante – exceto poucos privilegiados que conseguem se manter longe dele.

Daí ser muito natural que apareça nas refeições da família, nos passeios em restaurantes… O problema é que refrigerante não tem nada a ver com criança. Ela não é bom para os adultos, que fique bem claro. Mas nós podemos pensar na desculpa de que bebemos conscientemente e bla, bla, bla. Já as crianças são vítimas passivas.

Olha só o que o refrigerante apronta no organismo infantil:

* a bebida é muito calórica. E vicia. Quem toma uma vez não esquece jamais. Só que em excesso vai engordar, a criança corre o risco de acabar obesa e ainda ter diabetes.

* Novamente, a bebida é muito calórica. Mas são calorias vazias. São feitas basicamente de água gasosa e açúcar. O problema é que o refrigerante toma o lugar de outros alimentos que também poderiam ser caloricos mas forneceriam nutrientes importantes para o seu desenvolvimento. Um copo tem praticamente a mesma quantidade de calorias de um copo de suco, mas oferece vitamina, minerais e fibras.

* com tanta açúcar em sua composição, lógico que refrigerantes favorecem as cáries. Um copo faz o mesmo estrago que cinco balas!

* não adianta nesse momento pensar que existem refrigerantes zero ou light. Eles contém adoçantes, substância que, mesmo depois de várias pesquisas, ninguém sabe o que causa no desenvolvimento infantil. Vai arriscar?

* a bebida também pode interferir na absorção do cálcio. E o cálcio, galera, é muito importante na infância! Ele é quem ajuda diretamente no crescimento dos ossos e previne uma série de doenças no futuro, como a osteoporose.

* outro vilão que entra na composição é o sódio, que consumido em excesso pode causar pressão alta. Sim, em crianças também.

* os refrigerantes amarelos geralmente são feitos com o polêmico corante tartrazina, que está relacionado a crises de alergias respiratórias.

 

A solução? Não apresente refrigerante para o seu filho. Adie o máximo possível esse encontro mesmo que tenha de apelar para a frase “é uma bebida de adulto”. Se ele já conhece e gosta – sim, porque muitas crianças não gostam, aleluia – diminua o consumo – e nesse caso terá de diminuir o seu também. Como já disse acima, o refrigerante vicia (prometo em breve um post sobre isso). Parar com ele vai resultar em algumas crises de abstinência, mas você voltará a ver a luz e quando notar, vai pedir suco de laranja naturalmente no restaurante…

 

Em nossas redes sociais tem muito mais informação e diversão sobre alimentação da família. Corre lá para curtir a gente:

 

Por isso, se ainda não curte ou segue a gente, corre que já passou da hora:

 

 

http://www.facebook.com/Comerparacrescer

 

 

 

 

@comercrescer

 

E hoje tem 35 dicas lindas, práticas e fáceis de fazer para deixar sua festa de aniversário muito mais bacana! Clique AQUI

beijos

Mônica

9 Comments

  1. Eu sou uma daquelas pessoas que toma refrigerante TODOS os dias! Coca-cola, Guaraná e Schweppes. Mas eu gosto mais de suco do que refrigerante. Mas porque eu só tomo suco de vez enquando?

    Simples, refrigerante é muuuuito mais fácil de conseguir do que um bom suco. Tenho receio de pedir suco em restaurante, exceto quando eu sei que é bom. E tenho preguiça (ou não tenho tempo) de fazer suco em casa. Principalmente para quem mora sozinho, fazer suco é trabalhoso, muito mais do que abrir a tampinha e se servir.

    Agora não adianta nada aquela pessoa que fala tudo de ruim do refrigerante mas toma aqueles sucos de caixinha o dia inteiro. Não tem nada de diferente de um refrigerante, é cheio de açucar, conservante, acidulante e etc. fora que não tem gosto de suco e é horrível. Mas tem que gente que só toma porque diz que é mais saúdável. Prefiro 1000x fazer um suco na hora do que tomar refrigerante, mas é inviável, em casa tenho que sempre ter laranjas frescas e tempo para fazer, e em restaurantes mesmo se for tão bom quanto em casa, custa o dobro do preço de um refrigerante.

    1. Concordamos plenamente com você sobre os sucos de caixinha Thomas. Não é para tomar todos os dias nem toda hora. Mas entre eles e o refrigerante, ainda ficamos com eles porque contém menos açúcar do que um refrigerante. Sem falar que não vicia – ainda não está provado cientificamente, mas todos nós sabemos que eles viciam! Hoje em dia já existem muitos fabricantes de suco com vesões sem açúcar e conservantes, e achamos que essa é a melhor saída para quem não tem vontade ou tempo para fazer suco caseiro. Você já experimentou?
      abs,

  2. Olá…Tenho um flho lindo de 1 ano e nove meses, mas faz “greve de fome” e eu fico super culpada por isso. Ele almoça um dia e fica 4 dias sem comer, nem experimenta, não consigo nem colocar na boca dele para ver se ta gostoso e fica só no leite. To ficando desesperada com essa situação e não sei como agir. Vcs tem alguma dica de como despertar o interesse dele para a comida??? Abraços

    1. Oi kerly, tudo bem? Então, meu melhor conselho é você clicar na tag comportamento do nosso site e ler os posts. Você vai encontrar um monte onde conto da minha filha caçula que é exatamente como o seu filho. Lá falo das minhas tentativas e você pode se inspirar.
      beijos e boa sorte

  3. Pessoal adoro o site de vcs.
    Quero fazer a festa de 1 aninho do meu baby sem refrigerantes e sem carne. Amei a postagem de ”comidinhas saudáveis para sua festa de aniversário’, mas não encontrei nada sobre a bebida. Será uma festa grande, por isso servir suco natural não será possível.
    Vcs publicaram alguma coisa sobre isso? Não encontrei!
    Abraço

    1. Oi, Vanessa.

      Opte por sucos, chás, água. Eu costumo fazer uns “drinks” para as crianças que elas amam: água com gás + suco concentrado ou integral de abacaxi + gelo + açúcar + maçã cortada em cubos + essência de laranja (opcional). Você pode também optar por refrigerante caseiro que já demos a receita aqui: http://www.comerparacrescer.com/2010/01/14/refrigerante-caseiro-parte-2/

      Sobre a ausência de carne, você tem muitas opções de patês, tortas, sanduíches, quiches, caponatas, cenourinhas, tomatinhos, ovos de codorna…

      Boa festa!

  4. Ola pessoal adorei o site de vocês, estou passando por uma fase complicada com meu filho de sete anos..ele comia super bem de tudo mesmo…brigava se nao tivesse brocolis no mercado, refrigerante então só colocava no copo para jogar fora.De um ano e meio pra ca começou a me deixar de cabelos brancos na hora das refeições.
    Fico muito feliz quando vou fazer uma pesquisa e encontro sites como o de vocês que lotam a gente de informações boas..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *