Festa de aniversário caseira

Quer saber como fazer uma festa de aniversário caseira? Sábado eu comemorei o aniversário de um ano da caçula. Como convidei só parentes, oito pessoas ao todo, arrisquei fazer tudo eu mesma. Tipo um chá da tarde. Medo! Mas sabe né, família é para essas coisas, ninguém ia reparar em bolo solado… Para ter alguma bossa, fiz duas coisas diferentes que adorei, fotografei e compartilho (só porque deu certo):

Bolachas com Nutella…

festa de aniversário

Peguei essa idéia na Casa e Jardim, fiz no aniversário da mais velha também e retomei agora porque foi um sucesso! Lógico, todo mundo gosta de bolacha maizena e de Nutella. Imagine juntar as duas! O segredo é fazer o “sanduíche” bem perto da hora da festa para a bolacha continuar crocante. Coloque fitas de cetim nas cores da festa para dar mais estilo.

… e bolos em forma de estrelas…

festa de aniversário

Primeiro comprei cortadores de vários tamanhos na Bondinho. Fiz bolo de iogurte:

Receita de bolo de iogurte

3 ovos
1 pote de iogurte natural
1 xícara (chá) de óleo
2 xícaras (chá) de açúcar
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
Bata os ovos, o iogurte, o óleo e o açúcar no liquidificador. Transfira para uma tigela e misture a farinha de trigo e o fermento (melhor peneirar por cima da massa). Unte a assadeira com óleo e farinha, coloque a massa e leve ao forno médio por cerca de 30 minutos ou até que, espetando um palito, ele saia seco.

Depois fiz bolo de chocolate, que encontrei no Tudo Gostoso, mas sem a cobertura.

Fiz os dois bolos em uma assadeira retangular grande e rasa, e depois de frio, desenformei, cortei as estrelas com os cortadores e arrumei nos pratos, intercalando o claro (iogurte) com o escuro (chocolate). Você pode cortar o restante do bolo que sobrar em quadradinhos pequenos e colocar na mesa também.
Foi muito fácil de fazer e me senti bem poderosa no final! Nada como desvendar a cozinha…
Mônica

P.S. Sim, seria mais fácil (e bonito) usar assadeiras em forma de estrelas, mas não encontrei nenhuma assim.

 

16 Comments

  1. Olá Mônica, achei o comer para crescer pesquisando sobre o que mandar na lancheira. Gostaria de saber como faço para congelar os bolos e quanto tempo posso manter congelado. Lendo seus textos passei por um em que diz que baniu a gelatina na sua casa, sempre achei gelatina saudável. Tem algum link sobre este assunto no seu blog? Fiquei curiosa…

  2. Esse iogurte é o natural de copinho?vou tentar fazer…tenho uma bb de 1 ano e 3 meses e pra ela comer….é uma guerra…só quer saber de bagunça….rs…

  3. Pati, ate agora, o balanco geral eh negativo 🙁
    Sem a tv, a mais velha come que eh uma beleza: come sozinha, concentra-se no prato, conversa sobre o que esta comendo, uma gracinha. Enquanto isso, no outro lado da mesa, a bebezinha fecha a boquinha e nao ha reza brava que a faca abrir… Minto, ela abre para morder os objetos (sendo a colher a preferida, la no fundo da goela!)- Esqueci de mencionar o pequeno detalhe que os dentinhos estao comecando a querer sair. – Entao, ela nao come, fica irritada comigo tentando forcar as colheradas e nao progredimos. No fim, ligo a tv. A bebe come e a mais velha para, vidrada na tela. Naquela hora de tensao, o que penso eh: eh mais facil convencer a mais velha a aceitar cada colherada (q eu acabo dando na boca) e entreter a bebe, que abre aquele bocao gostoso…. Sei, sei, sei que estou fazendo tudo errado, mas COMO FAZER A BEBE ENTENDER QUE EH HORA DE COMER????
    Help.
    Lu, estressada, frustrada, derrotada.

  4. Oi, Cassio, tudo bem?
    Vi seu comentario num outro post e queria perguntar: 1 – que diferenca nutricional faz entre cozinhar alimentos juntos e separados? 2 – por que nao se deve esperar esfriar o alimento antes de coloca-lo no freezer?
    E ja que voce parece entender bem de alimentos, aproveito:
    3 – leite integral de caixinha tem menos valor nutritivo do que o fresco?
    4 – existe alguma diferenca nutricional entre comer frutas de manha ou a noite?
    Obrigada!
    Luciana

  5. Oi, Lu.
    Você é adorável e muito engraçada. Adoro gente bem-humorada.
    Ri muito com o seu comentário. Mas você verá que todo esse esforço não será em vão!
    Se te serve de consolo, aqui em casa também ando me controlando e não ligando a TV a noite. E sabe a loucura? Percebi que eu fico ansiosa porque a ela está desligada. Os meninos, não.
    Mas estou super curiosa para saber como foi a refeição sem TV. Conte, por favor?
    beijos da Pati

  6. Genete, discuti com a Mônica por causa desse óleo na receita. Ela cedeu e fez uma assim (sem o óleo) aqui em casa, mas quando fui "inspecionar" já era tarde: ela estava batendo tudo na bacia com o mixer… Minha sugestão teria sido bater bem as gemas com açúcar e no final misturar as claras em neve, pois o óleo tem uma função estrutural de incorporar bolhinhas razoavelmente persistentes e, sem ele, o bolo pode ficar mais seco e compacto (e mais light!). Quem experimentar, comente, sim?

  7. Ok, ok, Pati… voce estah comecando (!!) a me convencer!!! Vou desligar a TV na hora das refeicoes de amanha. Colocar o livrinho de plastico (que ela ama!!) e ver no que vai dar… alem de livrinho, maos, mesa sujos!! Prometo que vou me comportar e nao ficar nervosa!! hahahaha
    Lu

    PS. Ja estou fazendo um esforco fenomenal para manter a TV desligada durante TODO o dia. Soh ligava na hora das refeicoes para dar "aquela" agilizada no processo!! Agora vem voce (com esse Dr Carlos!!) cortar o meu barato!?!! Poxa!! 🙂

  8. Oi, Lu.
    Eu também A-DO-RA-RI-A ouvir: "O melhor para o bebê ficar calmo e comer tudo, é distraí-lo". rsrsrsrs. Sinceramente, acho que esse povo fica estudando muito e entra muito pouco dentro "das casas das gentes" pra ver a real.
    Mas, infelizmente (buááááá), o que ele diz faz sentido.
    Sobre a colher, sabe que os bebês são tremendamente espertos, né? A sua lindinha não vai se machucar se enfiar a colher na goela (ai, que aflitivo). E, Lu, eu sou aquela mãe assustadérrima, que quando filho cai, solta um gritinho que assusta mais a criança do que o tombo.
    Mas digo para você observar a sua bonitinha com a colher porque na primeira vez será um desastre de gigantescas proporções. Na segunda, só será um desastre. Na terceira, será tão bonitinho que vc fará a foto. Deixe ela experimentar. Mas fique bemmm perto para o caso dela gostar de mastigar a colher.
    Ah, que tal você trocar a TV por livrinhos (de plástico), depois por colher, depois por potinhos, depois por música e depois por comidinhas para comer com a mão?
    e continue contando pra gente sobre como está indo, que tal?

    beijos da Pati

  9. Ola, aqui eh a Luciana de novo. Gostei muito das ideias da bolacha-nutela e do bolo-estrela! Obrigada!
    Ainda nao estou convencida de que da para ensinar um bebezinho que "comer eh hora de comer", sem distracoes, nem brincadeirinhas. A colherzinha, na mao da pequena, entra tao fundo que dah ansia na princesa!!
    Mas nao pensem que sou tao cabeca-dura, nao! Tenho consciencia que minha filha mais velha (quase 3 anos) come muito melhor e rapidinho sem as distracoes da baba eletronica.
    Eu soh estava querendo ouvir de voces algo do tipo: "eh isso mesmo, bebezinhos precisam de distracoes para comer bem!!" hehehe

    PS. A papinha congelada em cubinhos de gelo nao eh minha dica, eh regra no Reino Unido! Tem gente que usa forminha propria (http://www.annabelkarmel.com/products/make-it-easy-food-cube-tray), mas eu uso forma de gelo mesmo, dessas que tem cubos grandes. O resultado eh o mesmo!

    Mais uma vez, obrigada pelo blog! Eh muito interessante.
    Um abraco para voces duas.

  10. Que bom que você está gostando, Roberta! A gente também adora o seu blog. Quando se trata de crianças é muito bom trocar experiências. E faça a bolacha com nutella sim porque é fácil e delicioso. Até os adultos devoram!
    beijos

  11. AMEI essa ideia da bolacha com nutela. Sensacional. Vou copiar qualquer dia desses.
    Aliás, estou adorando esse blog, viu. Já até andei fazendo propaganda por aí.
    Beijos,
    Roberta

Comments are closed.