Danoninho caseiro!

danoninho caseiro

Já imaginou um danoninho caseiro?

Assim como nove entre dez crianças, minha mais velha adora danoninho! O problema é que tal produto contém corante, aromatizante, estabilizante e outros ingredientes que eu mal sei o que significam – confira aqui quais são eles. O jeito foi encontrar uma versão caseira que apresentasse o mesmo sabor docinho/azedinho do original. Conseguimos isso misturando coalhada seca feita pelo meu marido e geléia de morango criada pela Ana, a super administradora da casa de minha mãe. Isabella aprovou!
Segue a receita de sucesso:

Géleia de morango:
Em uma panela, coloque 15 morangos, de preferência orgânicos, picados. Junte meio copo de açúcar e deixe cozinhar por mais ou menos 20 minutos, mexendo sempre. Se precisar, coloque um pouquinho de água.

Coalhada seca:
Você vai começar fazendo um iogurte caseiro, como já expliquei aqui. Reproduzindo:
Aqueça um litro de leite integral até mais ou menos 40 graus (você sabe que chegou nesse estágio quando consegue colocar um dedo dentro da panela e aguenta contar até dez). Acrescente um pote de iogurte – o segredo para dar certo é ele ter sido fabricado há menos de 10 dias. Tem de ser a versão natural (sem frutas) e não pode ser do tipo “cremoso”, que tem amido. Pela nossa experiência, as melhores marcas são Nestlé, Parmalat e Vigor – integral ou desnatado. Misture bem. Depois coloque a panela tampada no forno pré-aquecido, mas desligado. Deixe ali por seis horas, com a lâmpada acessa, retire e leve a geladeira por 24 horas. Após isso, se juntar soro, retire o excesso e misture.

Agora transforme o iogurte em coalhada seca:
Escorra o iogurte em um tecido de algodão limpo, como uma fronha velha ou um pano de prato separado apenas para isso, por exemplo. O soro vai escorrer para a vasilha enquanto o iogurte vai ganhando consistência de coalhada, vai ficar no pano. Coloque dentro da geladeira pois o processo demora algumas horas. Depois é só retirar a colhada do pano.

Enfim o danoninho!:
Misture a coalhada com a geléia e pronto! Com o tempo você vai experimentando qual a quantidade ideal para ser colocada de cada um.

beijos
Mônica

13 Comments

  1. Aaaaaaaai adorei!
    Vou testar essa receita em casa e ver se a minha branquelinha aprova.
    Adoro o blog, e sempre indico prazamiga que tem problemas com a alimentação dos filhos, ou aquelas que fogem da preguiça de comprar tudo pronto e enfiar goela abaixa nos pequenos.
    Parabéns pela iniciativa!

  2. Oi! Adorei a receita! O Lucas não come danone ainda, mas quando começar já sei o que fazer! 😀
    Fiquei com uma dúvida: quanto tempo dá pra guardar esse “danoninho”?
    Beijos!

  3. Esse bubu, não tem o nome por acaso, não conhece o verdadeiro significado da palavra mãe, que sempre presa pelo melhor para com seus filhos, o econômico nem sempre ou melhor sempre é mais prejudicial ao organismo, e crianças precisam saborear o que a de bom sem ser prejudicados pelos vilões de uma boa alimentação… Parabéns adorei seu blog e a receita é ótima da para fazer tbm com queijinho natural.

  4. QUE TRABALHEIRA DESNECESSÁRIA!

    É TÃO MAIS FÁCIL, E TAMBÉM MUITO MAIS ECONÔMICO COMPRAR PRONTO!

    COM TODO O GASTO DESTES INGREDIENTES QUE VOCÊ CITOU, E TAMBÉM O TEMPO PERDIDO NO PREPARO, EU IRIA ATÉ O MERCADO E COMPRARIA BANDEJAS E MAIS BANDEJAS DE DANONINHO QUE COM CERTEZA É MUITO MELHOR QUE A SUA RECEITA!

    REPROVADO!

  5. Poxa!! ja fiz de varias maneira, mas natural assim é a prmeira deve ser uma delicia!!! agora cá pra nós fronha velha nem pensar hein!!! kkkkkkkk prefiro uma novo!!!

  6. Tenho uma receita mais simples
    1 caixinha de leite condensado
    2 caixinhas de creme de leite
    1 tang de morango

    bate na mao ou em batedeira e so gelar depois

    1. Oi Alemão, sua receita parece deliciosa. Mas concorda que no final não é tão natural quanto a nossa! Se você pelo menos trocasse o tang por morangos de verdade…
      beijos

  7. Hummmm, deu vontade de comer… Agora vamos falar, só o super Cássio para ter esta paciência… Parabéns!

Comments are closed.