Criança pode consumir probióticos?

Criança pode consumir probióticos. A palavra é complicada (tente dizer probióticos bem rápido três vezes seguida) e o seu uso mais ainda. Com o objetivo de ajudar nossos intestinos, mais e mais produtos aparecem nas prateleiras dos supermercados enriquecidos com eles. Leites fermentados, iogurtes… A pergunta é: criança pode consumí-los?

O assunto é polêmico entre os especialistas. Enquanto alguns dizem que familias com dietas saudáveis não precisariam desse tipo de incentivo, outros acreditam que não há problema algum em oferecer para a garotada.

Em seu relatório publicado em novembro do ano passado, a Academia Americana de Pediatria considerou que os probióticos podem ser tão benéficos para a saúde infantil quanto são para os adultos, mas ainda não há dados suficientes para que haja uma recomendação formal de consumo.

COMER PARA CRESCER foi conversar com o nutrólogo e pediatra da Unifesp, Mauro Fisberg. Segundo ele, não existe problema em crianças consumirem iogurtes e leites fermentados enriquecidos com probióticos. Mas atenção: isso vale apenas para as que são saudáveis (que não apresentem nenhuma restrição alimentar) e tenham mais de 4 anos de idade. Nada de oferecer esse tipo de comida para bebês, por exemplo, com o objetivo de cuidar de uma prisão de ventre!

E lembra que sua mãe só deixava você beber um potinho por dia daquele delicioso leite fermentado? Ela tinha razão. Mauro Fisberg explica: “Os estudos científicos existentes são realizados, em geral, com uma ou duas doses diárias de 100ml de iogurte probiótico. Mais do que isso, os efeitos são potencializados e, menos do que isso, os efeitos benéficos podem não ser notados, pois a colonização dessas bactérias no intestino não é permanente”. Já sabe. O excesso pode levar a uma diarréia…

Caso decida comprar alimentos enriquecidos com probióticos para sua família, vale lembrar que eles não substituem as frutas, tá?

beijos

Mônica

 

1 Comment

Comments are closed.