Boas histórias para compartilhar!

Pessoas amigas, estamos em busca de histórias de pais que tiveram problemas na hora de alimentar os filhos, mas que acharam um caminho/solução. É para um projeto bem bacana!  Precisamos de famílias com os seguintes perfis:

mães tomando chá

1 – Ajustes na alimentação da criança que passa o dia na casa dos avós.

2 – Criança que comia demais.

3 – Criança que só comia doces

4 – Criança que só aceitava papinha apesar de já ter passado da fase

5 – Criança que só comia se estivesse na frente da TV

6 – Criança que a mãe ficava com o prato de comia trás dela para ver se comia algo, a criança comedora-caminhante

7 –  Criança que regurgitava/vomitava a comida

8 – Criança que não comia porque a mãe cozinhava mal

9 – A criança que tem apetite de passarinho e a família aprendeu a respeitar esse perfil

É o seu caso? Não, mas conhece alguém com esse perfil e pode indique para nós?

Beijos,

Patricia, Mônica e Marianne

4 Comments

  1. Oi meninas, aqui em casa tivemos o causo da criança que come demais… e definitivamente não cumpria o que todos diziam “o organismo da criança sabe o quanto precisa de comer”!!
    E isso era desde os 6 meses.. com comida saudável.. rotina.. horários..
    Só para exemplificar:
    Quando fomos dar a primeira papinha de frutas (6m0d) pensei: “ela deve tentar recusar um pouco.. fazer bagunça/lambança.. e pelas pesquisas na net ela deve comer no máximo umas 4 colheres de sopa.. então vou fazer de dois caquis grandes (+/- 450ml).. e se for o caso como o resto!!”
    Hum… ela raspou a vasilhinha com toda disposição e terminou chorando querendo mais!!!!
    Este foi só o início da história.. e não sei se enquadra num dos perfis procurados.. mas se for o caso mando o meu extenso relato por e-mail!!
    Boa sorte!!
    E obrigada pelos excelentes textos e apoio!!!
    Bjux
    Nivaine

Comments are closed.