Blogosfera materna: Dicas para seu filho comer da Bagagem de Mãe

Loreta Berezutchi, do blog Bagagem de Mãe Foto: Arquivo Pessoal
Loreta Berezutchi, do blog Bagagem de Mãe
Foto: Arquivo Pessoal

Hoje é dia de tricô de mãe, de troca, de confissão sobre como fazer os filhos comerem melhor. Recebemos a super-querida Loreta Berezutchi, do blog Bagagem de Mãe, um delicioso diáriovirtual sobre o cotidiano de uma mãe do século 21, ou seja, um espaço com muitas reflexões, desabafos, confissões e “maternices”. Segue o blog que vale a pena. Mãe do Pedro e da Cacá, Loreta desabafa sobre como é ter filhos com paladares muito distintos e confessa que às vezes recorre à chantagem (quem nunca, né?!) para fazer os filhos comerem.   Haja jogo de cintura!

1) Qual comida/alimento costuma ser mais gongada pelos seus filhos?

Loreta: Aqui em casa é muito difícil agradar os paladares. O Pedro adora verduras e legumes e a Cacá detesta qualquer um que não seja batata! A unanimidade do “não curto” é a berinjela, mas acho que eles têm desculpa, né? Criança costuma gostar de berinjela?? (rs)

2) Como fazer uma criança comer aquilo que você sabe que ela não curte muito, mas que precisa comer?

Loreta: O Pedro é bem difícil de comer arroz e feijão. Como ele já está na fase que entende o que a gente diz (5 anos), eu converso, dizendo que ele precisa comer para ficar bem forte e crescer muito senão vai ficar fraquinho e doente e não vai poder brincar (chantagem básica). Com a Cacá, para fazer ela comer as verduras que ela odeia, eu sempre conto uma estória de bichinho, sabe? Tipo assim: “Come cenoura igual o coelhinho, milho igual a galinha, salada igual a girafa e etc”. Normalmente, eu consigo fazer ela experimentar as coisas! Eu sofro!

3) Você já desistiu de oferecer algum alimento rejeitado? Qual o alimento e por quê deixou pra lá?

 Loreta: Por incrível que pareça eu sofro para fazê-los comer carne vermelha. Acho que o fato de eu não comer muito, ou seja, eles não me veem comendo carne. Então quando eu faço para eles, obviamente, rejeitam. Parei de insistir porque substituo por carne branca e peixe, que também têm nutrientes e proteínas e também porque acho que as crianças precisam comer de acordo com os hábitos da família. Eu não me obrigaria a cozinhar para eles algo de que eu não gosto, a não ser que fosse extremamente importante, indispensável.

 

 

2 Comments

  1. Ah meninas!!!
    Os meus comem berinjela!!! heheh
    Minha mãe é vegetariana e a berinjela, ela sempre diz, é a carne dela.
    Os meus gostam!
    heheh

    beijao
    Lele

Comments are closed.